Enviar a um amigo

Missão FBI – Aves de Rapina e Flores da PrimaveraNivel 1-4

FBI, isto é, Fast Biodiversity Inventory: uma missão de inventário da biodiversidade em Provença. Uma aventura a fim de identificar as aves de (...) Ver descrição detalhada

Missão FBI – Aves de Rapina e Flores da PrimaveraNivel 1-4

FBI, isto é, Fast Biodiversity Inventory: uma missão de inventário da biodiversidade em Provença. Uma aventura a fim de identificar as aves de (...) Ver descrição detalhada

Aves de Rapina e Flores - 7 ou 15 dias - Provença
Programas de férias que mudam o mundo
Aventuras extraordinárias, projetos reais para o desenvolvimento sustentável

Introdução

Uma missão FBI é uma investigação sobre a biodiversidade, ou seja, isso inclui recensear, em um local preciso, o maior número de espécies existentes, incluindo, durante essa primeira “busca”, aves de rapina e flores. Você se tornará um(a) verdadeiro(a) expert júnior em biodiversidade!

A Estada

O programa Biodiversita convoca agentes especiais para integrar sua equipe FBI (Fast Biodiversity Inventory):

Sua missão, caso você a aceite: explorar completamente e acumular o máximo de conhecimento sobre a biodiversidade de nossa zona de estudos. Será dada atenção especial às aves de rapinas e às flores da primavera.

Onde: você irá operar em uma reserva natural situada em Provença.

Quando: durante o período de férias da Páscoa, junte-se a nós nessa missão!

© OSI : OSI, Michael Mags

Meios técnicos para sua missão: você utilizará todo o material profissional do LINABIO (Laboratório de Identificação Naturalista Biodiversita, em francês, Laboratoire d’Identification Naturaliste Biodiversita): lupas tradicionais, lupas binoculares, redes e armadilhas para insetos, chaves dicotômicas, entre outros.

Meios humanos: Além de seus colegas do FBI, os(as) consultores(as) especializados(as) em ornitologia e botânica da Biodiversita estarão disponíveis para vos guiar e ajudar nessa missão.

Seus objetivos: recensear o maior número de espécies presentes na zona de estudos. Os(as) melhores investigadores(as) receberão medalhas de mérito do FBI.

Sua missão adicional: além dos dados coletados, sua equipe deverá desenvolver ferramentas de identificação, com o objetivo de facilitar o trabalho de seus ou suas futuros(as) colegas investigadores(as).

Seu relatório de missão: todos os elementos de seus trabalhos deverão ser apresentados (fotos, espécimes, etc.) .

© OSI : Dan Molter / CédricMroczko / Wikipedia
  • Confira nossos outros programas no Centro de Férias Científicas OSI Provença:
    Todas as férias

O Projeto de Pesquisa

Os participantes desta estadia estarão envolvidos em vários objetivos de pesquisa.

A curto prazo e localmente, trata-se de acumular o máximo de conhecimento sobre a fauna e a flora de um setor em questão. Os resultados e os dados coletados serão transmitidos ao proprietário ou ao gestor do local de estudo. Esse inventário servirá para evidenciar as possíveis medidas de gestão e de proteção a fim de preservar a biodiversidade do nosso local.

Em uma escala maior, os dados serão transmitidos aos organismos responsáveis pelo acompanhamento da biodiversidade em nível regional (associações, comunidades), nacional (Inventário Nacional do Patrimônio Natural (INPN) administrado pelo Museu Nacional de História Natural de Paris) e internacional (GBIF - Global Biodiversity Information Facility - Sistema Mundial de Informação sobre a Biodiversidade). Em grande escala, esses dados poderão servir para estudar a evolução da biodiversidade em relação, por exemplo, à evolução do clima.

© OSI : Sylvain ALLOMBERT, OSI

Por fim, do ponto de vista metodológico, trata-se de desenvolver métodos de inventário e de acompanhamento da biodiversidade eficazes e adaptados a grupos de pessoas iniciantes, mas motivadas. De fato, nosso conhecimento muito parcial da biodiversidade em conexão com a que vivemos vem, em grande parte, dos poucos especialistas capazes de estudá-la: desenvolver as iniciativas cidadãs de estudo da biodiversidade é, portanto, um importante desafio!

O Local

O centro de férias de Musiflore está localizado na Drôme provençale, entre a pequena cidade de Dieulefit e a vila de Bourdeaux. Essa parte da Drôme é conhecida, pois ela faz parte das comunas da biovallée, que têm por objetivo desenvolver e organizar um território rural europeu de referência em matéria de desenvolvimento sustentável (http://www.biovallee.fr). Assim, é um lugar dinâmico e preservado, onde os riscos de contaminação com pesticidas são menores e os cursos de água, possivelmente, mais saudáveis. Falando de curso de água, a Drôme é conhecida também pelos banhos intempestivos tanto quanto festivos! Próximo ao nosso centro, temos acesso a um belo lugar onde é possível tomar banho em um dos afluentes da Drôme: o Roubion.

O contexto agrícola, cultural e artístico dessa parte da França fazem dela um lugar privilegiado. De fato, podemos, a pé, ir visitar fazendas e explorações agrícolas, particularmente os estábulos para cabras produtores do famoso Picodon, queijo famoso, em um ambiente familiar. A vinte minutos do centro de Musiflore, a pequena cidade de Dieulefit, com seu centro histórico, nos oferece todas as semanas um grande mercado em que artistas e artesãos convivem com os produtores locais. Do outro lado, Bourdeaux é uma pequena cidade que possui um antigo castelo em ruínas e um centro medieval que acolhe, uma vez no verão, uma grande festa medieval que se encerra com magníficos fogos de artifício. Todas essas atividades, que são feitas de acordo com o período do verão e com os desejos dos participantes, trazem mais cultura às nossas atividades científicas e permitem ter uma abordagem integrada do território.

No País de Bourdeaux, é a Floresta de Saoû que é a paisagem natural mais excepcional da região! Mas é também uma terra feita de contrastes e luzes, de pedras sedentas, de margas, de vegetação rasteira e de garrigues para tomilhos e para lavandas. Um pequeno pedaço do paraíso dos Préalpes Drômoises entre Vercors e Provença.
No que diz respeito à fauna e à flora, essa região não deixa a desejar. Abutres-fouveiros passam acima do centro. Podemos também encontrar muitas espécies de orquídeas, não é raro se deparar com uma corça ou com um inseto protegido.
As trilhas na região oferecem belas paisagens, por exemplo, logo atrás do centro, a 500 m de altitude máxima (cerca de 3h de caminhada, com tempo), os pontos de vista são impressionantes!
Um pouco mais longe, a uma curta distância de bicicleta desta vez, logo atrás da pequena vila de Saoû, encontra-se a floresta de mesmo nome, aninhada em uma sinclinal invertida (formação geológica muito particular). Em resumo, o cenário é mais que agradável.
Nossas atividades na Drôme se integram, portanto, em uma abordagem ecológica, isto é, um todo em que as ciências e as atividades manuais, culturais e a natureza se associam à vida quotidiana para aumentar os participantes... e nossa equipe!

Devemos preveni-los de que a região está repleta de atividades de todos os tipos, riachos para serem descobertos, prados para serem explorados, florestas para serem percorridas...

O dia a dia no Local

Na equipe FBI somos agentes do campo! Portanto, o máximo de tempo será passado na natureza a observar, identificar, enumerar e localizar tudo o que é vivo e que chama a nossa atenção! Então, uma mochila, uma caderneta, uma lupa, binóculos, um GPS e todo o material do LINABIO, e partiu para uma prospecção ao ar livre!

Mais o que é uma prospecção? É um tempo de observação em que vamos afiar os nossos cinco sentidos e a nossa curiosidade para encontrar e descobrir flores originais, discretas águias de asa redonda e outras aves de rapina que tentam escapar da nossa investigação! Tudo isso em um ambiente agradável, graças aos ralis naturalistas & lúdicos, mas ao mesmo tempo sérios, somos os agentes especiais do FBI, afinal!

© OSI

Mas apesar das nossas qualidades como observadores, os encontros com os "suspeitos não identificados” não serão raros. Mas nenhuma espécie pode resistir a nós! Coletamos uma amostra e já ao laboratório! Depois de um interrogatório rigoroso sob a lupa binocular e graças à ajuda da grande biblioteca do LINABIO, saberemos bem como fazê-los confessar o seu nome (científico, é claro!)

Mas mesmo os agentes especiais do FBI têm necessidade de descanso: portanto, tudo isso será pontuado por atividades extra científicas, como grandes jogos, noitadas, oficinas de descobertas e outras atividades desportivas!

© OSI : OSI, escapado.fr

A equipe


Sylvain Allombert é o responsável científico e técnico do Programa de Pesquisa BIODIVERSITA e das estadias FBI. Uma tese de doutorado em ecologia entre a França e o Canadá lhe fará descobrir a sua vocação: a vulgarização dos conhecimentos científicos sobre a Biodiversidade. É em uma associação que ele poderá desenvolver suas competências neste domínio, trabalhando com todos os tipos de público, das crianças pequenas aos profissionais. No âmbito naturalista, é um generalista, tendo exercido como ornitólogo, entomólogo ou ecólogo, atingindo também outras áreas como a botânica, os mamíferos, os répteis ou os anfíbios.

Nesta estadia, Sylvain estará encarregado da organização das atividades científicas, mas desempenhará também o papel de assessor especial “insetos” para os nossos investigadores aspirantes! Seus conhecimentos extremamente diversificados sobre o mundo natural não faltarão para satisfazer a curiosidade dos participantes!

O alojamento

O centro de férias de Musiflore está localizado em plena natureza, com cerca de 48 ha de terreno, divididos entre florestas e prados. Os proprietários vizinhos nos recebem também, desde que o trabalho deles seja respeitado (não ir aos campos imediatamente antes da ceifa, por exemplo) e de preveni-los. Portanto, nos encontraremos em um imenso terreno de descobertas e aventuras, onde apenas o tamanho das nossas passadas é um limite.

A respeito do próprio centro, ele foi reformado recentemente e oferece quartos luminosos e confortáveis de três a seis camas, bem como muitas salas de atividades, pequenas ou grandes. Para as refeições, podemos muitas vezes fazê-las do lado de fora, na sombra, o que é muito agradável. O Centro de Férias possui também um auditório com todo o material para fazer espetáculos de todos os gêneros. Mais adiante, outros edifícios constituem uma antiga fazenda, também reformada, na qual um forno para pão está ainda em funcionamento. Assim, acontece muitas vezes de fazermos pão, e até mesmo... pizzas!







Em nossos objetivos relacionados ao nosso impacto ecológico sobre este Centro, nós orientamos nossa abordagem em torno da alimentação. O lugar é ideal, pois a produção local é importante e muitos agricultores são respeitadores do meio ambiente (o centro está localizado em um agrupamento de comunas, chamado biovallée, comprometido com uma agricultura respeitadora do meio ambiente). Também, os participantes consomem o pão que eles produzem (dois ou três dias por semana, por enquanto) e confeccionam inteiramente seus lanches. Os cardápios são reduzidos de alimentos de carne e são pensados para trazer tudo o que for necessário, do ponto de vista energético, à base de produto fresco. Isso foi possível graças a uma estreita colaboração com toda a equipe do centro Musiflore.

De fato, o centro Musiflore se integra também em uma abordagem ecológica (caldeira à lenha, vários cartazes de sensibilização, preocupados com o balanço energético, alimentação saudável etc...).
Nós tentaremos também reduzir nossos deslocamentos, nosso consumo de impressão, a compra de consumíveis de material reciclado etc...
No centro e ao redor dele temos tudo o que precisamos para as nossas atividades: terrenos livres para os grandes jogos ou para decolar com os drones, florestas amplas para explorar e estudar, prados com orquídeas, árvores grandes impressionantes, rios para estudar ou para tomar banho...
O centro Musiflore é, portanto, perfeito para se divertir do lado de dentro ou de fora!

Esse Centro nos permitirá viver nossas estadias imersos na natureza e seremos beneficiados com várias salas de atividades em toda a infraestrutura da propriedade. Uma grande sala, que permitirá simultaneamente a organização de festas e de transmissões de seus filhos, nos sábados à tarde, também será utilizada.

E tudo isso, ao sol!

No coração de um terreno preservado de 49 hectares de prado e floresta:
os jovens serão alojados em quartos muito bem equipados, de 2 a 6 lugares, dentro do Centro Musiflore, implantado em Crupies, no coração dos Prealpes Provençais desde 1966.
Inteiramente reformado, esse edifício de iniciação às atividades musicais, de expressão artística e de descoberta da Natureza, é, particularmente, bem adaptado às atividades científicas e culturais da ONG.

Quanto aos pais, eles também poderão decidir aproveitar um hotel na região, que seja na véspera da sua chegada aos lugares ou para vir assistir à transmissão de seus filhos no sábado à tarde (véspera da saída, no domingo). Os pais poderão também aproveitar a região durante toda a estadia.
Além dos muitos hotéis e albergues disponíveis na região, o Centro de Férias Musiflore, onde se realizam as estadias, está também a sua disposição na noite de sábado ou de domingo.

É através de Lyon e Valence que organizamos os translados acompanhados a partir de todas as cidades. Se você vier por seus próprios meios, outras diferentes vias de acesso são oferecidas de acordo com o seu ponto de origem ou com o lugar de seu destino final, se você levar seus filhos com a gente durante uma viagem mais longa.

Para chegar ao local você pode:

  • Chegar ao local por seus próprios meios (você receberá a hora exata do encontro por e-mail)
  • Organizar uma saída de todas as cidades do mundo: contate-nos para saber mais

Testemunhos

Perguntas Frequentes


Fazer uma pergunta

Fotos / Vídeos

© OSI

© OSI : OSI, escapado.fr

© OSI : Sylvain ALLOMBERT, OSI

A voir aussi



Nossos parceiros

Ver também